Tendências de RH
Blog / Dicas

5 Tendências de RH para 2022!

Com um mercado cada vez mais dinâmico, as empresas estão sempre em busca de tendências de RH para se diferenciar dos concorrentes e promover um excelente ambiente de trabalho para os funcionários, bem como otimizar todo o processo de gerenciamento humano.

Antes de pensar nas tendências e mudanças para o departamento de RH (Recursos Humanos) é importante conhecer o setor e a sua importância para as empresas, considerando suas atividades.

Não existe uma empresa sem pessoas, e quando o RH realiza um excelente trabalho, focando nos perfis comportamentais, por exemplo, consegue melhorar os processos de seleção e ajudar os colaboradores, aumentando a motivação e o engajamento da equipe e, consequentemente, dos negócios.

Basicamente, a sigla se refere aos recursos humanos, área que consiste na gestão de pessoas e recursos, combinando habilidades, práticas e estratégias que visam a administração de comportamentos dos funcionários para melhorar sua evolução na empresa.

Diferenças entre o RH e o DP

O RH é responsável por selecionar e alinhar os talentos que mais combinam com os objetivos e a cultura da empresa. 

Com o uso de ferramentas e softwares modernos, os profissionais do setor atuam na análise de dados e são muito importantes no desenvolvimento do capital humano na organização.

É com dados e informações sólidas que os profissionais da área conseguem ser mais assertivos, atuando estrategicamente a relação entre líderes e liderados, realizando, por exemplo, uma boa gestão de crise.

Sendo assim, o RH tem um papel muito importante no clima organizacional, promovendo melhorias, além de ajudar em outros âmbitos da empresa.

Já o DP (Departamento pessoal) fica responsável pela parte administrativa e burocrática, atuando na elaboração de folha de pagamento, calculando impostos conforme a legislação trabalhista, registros nas carteiras dos funcionários, entre outras funções.

O papel do RH nas empresas

Dependendo do nível da empresa há uma separação entre o RH e o DP, mas em algumas companhias eles atuam em conjunto, sendo o setor de recursos humanos responsável por atividades administrativas e a avaliação de condutas importantes para o crescimento e sucesso da organização.

Alguns dos processos que os profissionais de RH executam e gerenciam são:

  • Recrutamento e seleção;
  • Avaliação de desempenho;
  • Treinamento e desenvolvimento;
  • Cargos, salários e benefícios;
  • Plano de carreira;
  • Saúde e segurança;
  • Cuidar do clima organizacional;
  • Rotinas de departamento pessoal;
  • Desligamento de profissionais.

Esses processos e funções são importantes para todas as empresas, desde uma empresa de portaria até aquelas que atuam com vendas para o varejo.

A importância em ter um RH estratégico na sua empresa

O gerenciamento por competência é uma tendência do RH moderno, tornando a área mais estratégica.

Esse modelo foca nas competências comportamentais dos funcionários, bem como nas habilidades que ajudam o colaborador a se identificar com a cultura organizacional, contribuindo com o crescimento e gerenciamento junto à evolução da empresa.

As chamadas soft skills (habilidades) de cada colaborador, quando são identificadas pelos profissionais do RH com o auxílio de um software, permite que algumas estratégias sejam executadas para potencializar as habilidades a favor da empresa e do próprio colaborador.

Isto posto, o papel de um RH estratégico é ajudar nos processos empresariais, fazendo-os funcionar da melhor maneira na rotina da companhia e gerar resultados positivos do ponto de vista profissional.

Comparativo entre o ano de 2020 até 2022 no RH

Os dois últimos anos foram os mais diferentes e inusitados, mas trouxe diferentes mudanças e insights para todos os negócios. A Covid-19 transformou profundamente a maneira de se relacionar com as pessoas e com o trabalho.

O isolamento social fez com que as pessoas passassem a trabalhar de casa, no famoso sistema home office. 

Os medos e incertezas foram outros fatores que tiveram de ser administrados por todos, desde os colaboradores em cargos de analistas e juniores até os que ocupam cargos de liderança.

Com a pandemia, não foi só o trabalho híbrido que virou tema de discussões sobre o ambiente de trabalho.

Desta vez, não são apenas os algoritmos e robôs que roubaram a cena no âmbito empresarial. 

O cuidado com a saúde mental e a humanização das relações de trabalho é um tema importante, aspecto esse que vem ganhando espaço nos debates e reconfigurando as necessidades, exigências e negociações para as atuações nos negócios.

No ano de 2021, com a chegada da vacinação, as pessoas começaram a ter esperança do “novo normal” como uma realidade tangível e que previa a flexibilização da pandemia.

Nesse cenário de adaptação e reformulação dos modelos e relações de trabalho algumas incertezas surgem, como a volta completa ao presencial ou a alteração para um modelo híbrido – e todas as adequações que isso pede.

Desse modo, as empresas de consultoria tributária e de outros segmentos precisam identificar suas potencialidades, necessidades e o perfil de colaboradores para identificar o modelo que melhor responderá aos processos, bem como otimizar as ações. Tudo isso também passa pelo setor de RH.

Afinal, é crucial ter uma atenção redobrada com os colaboradores e planejamentos estratégicos, que precisam ser elaborados considerando diferentes contextos e ações de contenção, caso sejam necessárias.

É neste cenário que surgem as tendências de RH para 2022. Sendo assim, pesquisar e obter informações sobre algumas dessas novidades para o setor de recursos humanos é o modo de conseguir excelentes resultados e adaptar o negócio rumo ao sucesso junto aos colaboradores.

Tendências de RH para 2022

2020 foi um ano digno de roteiro de filme de ficção científica. Já 2021 foi dedicado à reestruturação e aplicação de novos aprendizados. Isto posto, o que podemos esperar de 2022 para o RH?

  1. Desenvolvimento de habilidades e competências

Desenvolver habilidades nas empresas é uma das prioridades do setor de RH nos próximos anos. 

Desde 2021 isso tem sido uma prática bem quista e em 2022 não será diferente, já que pelo menos 40% dos líderes de empresas alegam que não conseguem criar soluções focadas no desenvolvimento de habilidades de modo rápido para atender as necessidades do mercado.

A crise dos últimos anos criou um ambiente de pressão, demandando que líderes e colaboradores tenham as competências ideais para que as empresas de torres de resfriamento de água, e diversos outros segmentos, sobrevivam e tenham evolução nos negócios.

Deste modo, estruturar o gerenciamento de talentos em torno das habilidades e não dos cargos de cada colaborador, por exemplo, é uma ótima solução. 

Mais ainda, fornecer modos de desenvolver o colaborador dentro da própria instituição se torna uma prática cada vez mais necessária e importante.

Empresas que focam no desenvolvimento de habilidades e não apenas em cargos conseguem ter uma cultura de trabalho mais saudável para todos.

  1. Bem-estar no ambiente de trabalho

Uma tendência do RH é o foco no bem-estar dos funcionários. Esse é um tema que já tinha um espaço nas grandes empresas, mas que tem ganhado novas exigências por parte dos colaboradores e se aperfeiçoando com os novos modelos de trabalho, sendo muito importante e demandando atenção.

Para se ter uma ideia da importância de favorecer o bem-estar e a saúde mental, diversas pesquisas mostram que mais de 40% da população apresenta sintomas de ansiedade, depressão e estresse.

E o que isso significa? Que as empresas precisam ir além de normas básicas de higiene da divisória banheiro e segurança ou garantir planos de saúde para os funcionários.

É preciso ouvi-los e, a partir das conversas, criar planos estratégicos focados para melhorar os aspectos urgentes.

Dar importância ao equilíbrio entre trabalho e a vida pessoal dos funcionários é algo que os candidatos têm priorizado ainda mais após a pandemia. 

Assim, apoio psicológico e um ambiente de trabalho considerado saudável são detalhes que fazem a diferença para a atração e retenção de talentos, facilitando outros processos dessa área.

Sendo assim, os profissionais de RH precisam utilizar métodos que ajudam a detectar e entender os problemas de saúde mental e assim garantir recursos que permitam lidar com a situação.

  1. Capacitação da liderança

O modo como a liderança atua nas empresas, afeta todos os funcionários, pois são os líderes que tomam decisões importantes, alinham objetivos e fazem a ligação dos colaboradores com diretores e a cultura da empresa.

Para melhorar a performance e satisfação dos colaboradores, treinamentos voltados para as posições de liderança, mas com foco no planejamento de gestão de pessoas se mostra crucial. 

Esses treinamentos podem fornecer não somente o certificado mas também garrafa personalizada com nome da empresa para quem concluir, como uma forma de brinde por participar. 

Isso ajuda a criar uma imagem positiva dos profissionais para os colaboradores, contribuindo com a confiança da equipe.

Com o trabalho remoto ou híbrido, dependendo da organização que a empresa define, os gestores têm um grande desafio que é gerenciar as equipes de modo inovador, criativo, eficiente e, principalmente, humanizado mesmo a longas distâncias.

Por esse motivo, aplicar soluções diversas para a capacitação e melhoria do clima organizacional são cada vez mais importantes. Entres as medidas é possível ressaltar:

  • Mentorias;
  • Treinamentos sobre gestão de projetos;
  • Dinâmicas de grupo;
  • Workshops de criatividade e inovação;
  • Palestras.

Para que os profissionais de RH decidam qual a melhor solução é preciso ouvir a liderança e ter clareza sobre quem são os colaboradores e o formato que apresenta melhor adesão. Este processo pode ser feito com reuniões ou pesquisas de satisfação.

  1. Cibersegurança

Uma das grandes tendências para 2022 em RH é a cibersegurança, uma consequência da aceleração e digitalização. 

As empresas lidam diariamente com um grande volume de dados, laudos técnicos e dados confidenciais na rede. 

Por isso, a segurança será o foco de diversas empresas neste ano, seja para o trato de informações do próprio empreendimento, de colaboradores ou de clientes.

O trabalho remoto gera volumes consideráveis de dados que são coletados minuto a minuto. 

Seja por envio de mensagens ou na elaboração da folha de pagamento, alguns dados devem ser preservados, pois ao serem expostos podem comprometer a segurança dos funcionários.

Para evitar problemas, a solução é investir em softwares de gestão empresarial que sejam confiáveis e ajudem a garantir a segurança das informações dos integrantes da companhia.

  1. Universidade corporativa

A universidade corporativa é outra tendência de RH para 2022. Os investimentos em treinamentos internos é muito importante para que os profissionais possam aumentar as vendas de seguro de carros valor, por exemplo.

Para que os treinamentos geram os resultados esperados é preciso identificar as reais necessidades das equipes e líderes, pensar em novas alternativas e ver a melhor forma de aplicar cursos e workshops. 

Todas essas ações são maneiras de transformar a realidade da empresa de forma efetiva e aliar isso a uma universidade corporativa torna o método ainda mais eficaz. 

É neste cenário que a ideia da universidade corporativa tem ganhado força. 

Criar uma instituição de educação interna com diversos cursos, treinamentos e workshops pode ajudar a ganhar pontos com os funcionários, que se interessam e recorrem a empresa para se aperfeiçoar, já conhecendo a metodologia de ensino praticada.

Essa é considerada uma ferramenta estratégica que potencializa o desenvolvimento dos colaboradores, motivando-os a darem o seu melhor e assim aumentar a produtividade da empresa.

Portanto, empresas de terceirização de limpeza e de outras áreas podem pesquisar as principais tendências de RH para 2022 e começar a incorporá-las nos negócios, algo que melhora o clima organizacional e gera excelentes resultados para a companhia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.