Notícias

6 Cuidados recomendados durante a gestação

Se você está gestante e deseja saber mais sobre os cuidados essenciais que se deve ter durante a gravidez, você veio ao lugar certo!

Durante a gestação, o sistema imune da mulher fica naturalmente mais debilitado. 

Por isso, é importante adotar um estilo de vida mais saudável, com uma alimentação equilibrada e atividades físicas regulares, que ajudarão a fortalecer a saúde da futura mamãe e também do bebê.

O corpo da mulher passa por diversas transformações durante a gestação. Afinal, ele precisa se preparar para o desenvolvimento do bebê, o parto e a amamentação. 

Além disso, a gestação traz uma alteração à imunidade da mulher, por isso, é importante manter a saúde na gestação

O sistema fica mais lento, por isso, mais vulnerável a doenças. 

Neste artigo, você irá conhecer dicas importantes para manter a saúde na gestação.

Muitas mulheres quando descobrem que estão grávidas e não querem o bebe, decidem comprar misoprostol original, pois esse é um dos remédios que fazem com que as grávidas não engravidem. Mas cada mulher tem sua opinião quanto a este tema. 

Algumas mulheres na gravidez para não sentirem dores na barriga, resolvem comprar cytotec, mas isso não é para mulheres em gestação, pois existem diversos efeitos ruins. 

Conheça quais são os cuidados essenciais durante a gestação

  1. Exames em dia

Durante o pré-natal são realizados vários exames para acompanhar a saúde da mãe e do bebê, são eles: 

  • Exame de sangue
  • Exame de urina
  • Exame de fezes
  • Ultrassonografia de translucência nucal
  • Ultrassonografia morfológica
  • Triagem de diabetes gestacional
  • Triagem de estreptococo beta-hemolítico
  1. Alimentação saudável

Uma alimentação equilibrada durante a gestação pode prevenir várias doenças, tanto para a mãe quanto para o feto.

Além disso, é possível controlar o ganho de peso durante a gestação.

É importante ingerir bastante água, aproximadamente 2 litros por dia.

Coma pelo menos três frutas ao dia, e não se esqueça das verduras cozidas nas refeições.

É essencial se alimentar de 6 a 8 vezes ao dia, dividindo as refeições em pequenas porções e não se esqueça de mastigar bem os alimentos.

Evite beber líquidos durante as refeições.

Faça exercícios regularmente e procure descansar com os pés e as pernas acima do nível do coração.

Alguns alimentos são essenciais para a gestante: 

  • Vegetais
  • Feijão
  • Grão de bico
  • Lentilha
  • Ervilha
  • Carne bovina
  • Frango
  • Fígado
  • Sardinha
  • Salmão
  • Atum
  • Pescada
  • Arroz integral
  • Batata
  • Milho
  • Leite
  • Derivados de leite.
  1. Cuidados com medicamentos e produtos químicos

Alguns medicamentos e produtos químicos podem ser prejudiciais para o feto e para a mãe, por isso, devem ser evitados durante a gestação. 

Caso seja necessário o uso de algum medicamento essencial, é necessário conversar com seu médico sobre possíveis riscos ao usá-los.

Durante a gestação, a automedicação nunca é indicada e não deve ser feita, o uso de medicamento sem prescrição médica prévia deve ser evitado.

  1. Antidepressivos durante a gestação

A depressão e ansiedade são doenças que atingem diversas pessoas.

Alguns medicamentos devem ser evitados, pois são responsáveis por possíveis malformações no feto.

É essencial conversar com o seu médico e o psiquiatra para entrarem em um acordo e encontrarem uma fórmula segura para a mãe e para o bebê.

  1. Vacinas na gravidez

A imunização é extremamente necessária em todas as fases da nossa vida, mas principalmente durante a gestação. 

Com elas, é possível proteger a mãe e o bebê de doenças infectocontagiosas.

As vacinas indicadas na gravidez são:

  • Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto (difteria, tétano e coqueluche) 
  • Dupla adulto (difteria e tétano) – dT (para as gestantes que nunca tiverem tomado esquema vacinal de tétano e difteria)
  • Influenza (gripe)
  • Hepatite B
  1. Cigarro e bebida alcoólica

Fumar prejudica, e muito, a saúde da mãe e do bebê.

É de conhecimento geral que o hábito de fumar e ingerir bebida alcoólica é prejudicial à saúde, e durante a gravidez principalmente.

A gestante que fuma pode ter sérios problemas de circulação sanguínea da placenta. 

Isto pode prejudicar muito a chegada de oxigênio e nutrientes para o bebê, podendo não apenas retardar o crescimento do feto como também o descolamento prematuro da placenta, ruptura precoce da bolsa ou até a diminuição do líquido dentro da cavidade uterina.