Quarta, 08 DE dezembro DE 2021

Advogado especialista em INSS: o que é e como escolher

Publicado em:

21 de
out
Categorias: Justiça.



Você entende o que é, o que faz e como escolher um advogado especialista em INSS?

Diversos trabalhadores possuem dúvidas sobre a necessidades ou não de contratação dos serviços desses profissionais.

Hoje vamos explicar tudo isso para sanar suas dúvidas e ajudá-lo a escolher um bom profissional.

O que é um advogado especialista em INSS?


O profissional especialista em INSS é apto para atuar na defesa de pessoas que visam adquirir benefícios do Regime Geral da Previdência Social.

Quer dizer, é o advogado especialista em benefícios do INSS. No entanto, quais são esses benefícios? A lista é grande, já que atualmente o INSS tem mais de 25 benefícios.

Porém os benefícios mais conhecidos são:

  • Pensão por morte;

  • Auxílio-reclusão;

  • Benefícios por incapacidade (auxílio-acidente e auxílio-doença)

  • BPC/LAOS;

  • Aposentadorias (por tempo de contribuição, atividade especial ou rural, idade, invalidez e da pessoa com deficiência).


Deste modo, o advogado especialista em INSS sabe sobre cada detalhe desses benefícios. Logo, consegue reconhecer com mais facilidade o melhor benefício e a melhor saída para cada caso previdenciário.

5 dicas para escolher um advogado especialista em INSS


1. Verifique se o advogado é especialista em INSS


No momento de contratar um profissional para tratar de seu benefício previdenciário é necessário desvendar se ele é especialista em INSS.

O jeito mais simples de descobrir isso é fazendo perguntas ao advogado. Isto é, além de mostrar o seu caso e responder as perguntas que o advogado provavelmente vá fazer, você também deve perguntá-lo.

Questione, por exemplo, se o profissional já tratou de casos parecidos com o seu. Ademais, você também pode perguntá-lo sobre os cursos de Direito Previdenciário que ele já fez ou está fazendo. Baseado nas respostas, você vai saber se ele é mesmo especialista em INSS.

2. Confira se o advogado já escreveu artigos sobre o tema


Essa sugestão é muito relevante. Um advogado especialista em INSS normalmente tem diversos artigos publicados sobre assuntos do Direito Previdenciário.

Isso demonstra o entendimento do advogado sobre a questão, já que seus artigos podem até mesmo auxiliar outros advogados da área. Por isso, antes de contratar um profissional para tratar do seu benefício, questione onde consegue achar os artigos dele.

3. Evite advogados que apresentam soluções sem nem avaliar seus documentos


Não há milagre em nenhuma área do Direito. Por isso, evite profissionais que apresentam resultados milagrosos.

O resultado do seu processo depende de bastante trabalho e de uma avaliação detalhada de todos os seus documentos. Isto é, para um advogado mostrar a solução para o seu caso, ele precisa entender extremamente bem a sua documentação.

Determinadas vezes não é nem mesmo possível apresentar uma solução na hora da consulta.

Ou seja, em determinados casos, é até melhor que o profissional dê uma orientação geral na primeira consulta. E, depois, se comprometa a apresentar uma solução concreta alguns dias após conferir todos os seus documentos.

4. Questione se o advogado faz os cálculos previdenciários


Um aspecto que diferencia muito um bom advogado é o seu conhecimento com cálculos previdenciários. No Direito Previdenciário, a formação dos cálculos é um dos temas mais importantes.

Como dito anteriormente, é muito relevante que qualquer pessoa tenha convicção do valor do seu benefício antes mesmo de apresentar o pedido do INSS. Desse modo, o profissional tem a obrigação de realizar cálculos previdenciários ao tratar de qualquer benefício.

Por isso, só contrate um profissional dessa área caso ele se comprometa a realizar seus cálculos previdenciários.

5. Não opte por um advogado somente pelo valor dos honorários


Por último, você não deve optar por um advogado especialista em INSS somente baseado no valor dos honorários. Obviamente você não deve aceitar cobranças abusivas!

Mas se um profissional cobra barato pelo serviço, suspeite da qualidade desse advogado! Se ele não dá valor nem ao próprio trabalho, será que irá valorizar devidamente o seu caso?

Desse modo, procure sempre advogados baseado na qualidade de seu serviço. Sinta segurança no atendimento e, após isso, sele o contrato.

Não se esqueça que o trabalho desse advogado pode determinar o seu sustento futuramente.
[comment-form]

 

Outras Notícias

Saiba como funciona o Sedex dos correios
Como funciona o blockchain?
5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão