Quarta, 08 DE dezembro DE 2021

Atriz pornô Stormy, que disse se envolver com Trump foi presa

Publicado em:

12 de
jul
Categorias: Internacional, Justiça e Notícias. Tags: Atriz, Brasil, Donal Trump, EUA, Mundo, Notícias e pornografia.

A atriz pornô Stormy Daniels foi presa em um clube de striptease em Columbus, Ohio, por supostamente permitir que um cliente a tocasse no palco de maneira "não-sexual", disse seu advogado, Michael Avenatti, na manhã de quinta-feira (12). Após uma apresentação em um clube de striptease na quarta-feira à noite, Daniels foi abordada por vários policiais à paisana informando que ela seria presa por permitir que o cliente a tocasse, disse Avenatti em uma entrevista ao Washington Post.


O advogado afirma que Daniels, cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford, deve ser acusada de uma ou mais contravenções. Na madrugada de quinta-feira ela permaneceu sob custódia, aguardando a determinação da fiança. Em Ohio existe uma lei que proíbe os clientes de tocar em uma dançarina nua ou seminua, a menos que seja membro da família da dançarina. Foi proposta por uma organização religiosa baseada em Cincinnati e aprovada em 2007, mas de acordo com uma reportagem do site de notícias Columbus Dispatch, publicada em setembro de 2017, a lei raramente foi aplicada.


Avenatti afirmou que a prisão teve motivos políticos. Ele disse que sua cliente estava "fazendo a mesma coisa que já fez em mais de cem clubes de striptease em todo o país".


Sorry, the video player failed to load.(Error Code: 101104)
"É ridículo que recursos policiais tenham sido usados para conduzir esta operação", disse ele. "Tem que haver um propósito melhor para esses recursos".


Avenatti esperava que ela fosse liberada sob fiança em breve e prometeu "contestar veementemente todas as acusações".


"Isso cheira a desespero. Vamos lutar contra todas as falsas acusações", Avenatti twittou.


Uma porta-voz da polícia de Columbus não confirmou imediatamente a prisão e o representante do clube de striptease se recusou a comentar.


"Estamos muito confiantes de que, no caso improvável de que o promotor público proceda com acusações, ela não será considerada culpada", disse Avenatti.


Daniels está no centro de uma controvérsia envolvendo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a respeito de um suposto encontro entre os dois em 2006. A atriz está processando Trump e seu ex-advogado pessoal, Michael Cohen, para anular um acordo secreto que ela diz ter assinado durante a campanha presidencial de 2016.


Depois de negar ter feito qualquer pagamento a Daniels, Trump admitiu em maio que seu advogado de longa data, Cohen, foi reembolsado por um pagamento mensal de US$ 130.000 feito à atriz em 2016 para cessar o que Trump chamou de "acusações falsas e extorsionistas" sobre um caso de uma década atrás.



Portal: Globo Expresso.Com


[comment-form]

 

Outras Notícias

Saiba como funciona o Sedex dos correios
Como funciona o blockchain?
5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão