indústria 4.0
tecnologia

Como a Indústria 4.0 está mudando a sociedade?

Lendo este artigo até o final você entenderá Como a Indústria 4.0 está mudando a sociedade? Leia todo o nosso artigo e entenda tudo sobre.

O desenvolvimento de novas tecnologias e a integração impulsionada pela Indústria 4.0 está moldando uma nova era de globalização. Isso levanta muitas questões sobre o impacto em relação à sociedade, de uma forma geral. 

De alguma forma, algumas pessoas podem argumentar que a globalização provocada pela Indústria 4.0 se mostra como o maior inimigo da sociedade. 

As justificativas utilizadas vão desde o aumento da desigualdade de renda, a poluição prejudicial ao meio ambiente e as máquinas que substituem o trabalho humano, sendo apontadas como efeitos negativos. 

Contudo, apesar do receio real, essa não é necessariamente a realidade, sendo algo que não deve ser taxado como único cenário possível.

Isso porque as revoluções industriais, de uma maneira ou de outra, mudam o cenário do mercado de trabalho por causa do impacto das inovações implementadas nos mais diversos setores produtivos. 

De fato, a história mostra que novas invenções, muitas vezes, criam mais oportunidades e, a reboque, novos empregos. Isso se mostra em um escritório contábil ou em uma empresa de dedetização residencial. 

Inclusive, as tecnologias podem ser implementadas em diferentes setores, até mesmo com responsabilidade social e ecológica, contribuindo até para a preservação e ações menos destrutivas.

Para se ter uma ideia, muitas pessoas que atuam profissionalmente no século XXI estão em cargos que não existiam até pouco tempo atrás.

A maior questão, enfim, com a qual as pessoas mais se preocupam, não é o aumento do desemprego causado pela Indústria 4.0, mas a consequência em empregos que são interrompidos ou modificados pelas novas tecnologias e o impacto direto que provoca na sociedade.

Os avanços proporcionados pela Indústria 4.0

Essa nova revolução pela qual passa o segmento industrial é um reflexo pelo momento pelo qual passa a sociedade, em que a tecnologia está fortemente presente na vida das pessoas, nos mais diversos patamares.  Ou seja, ambos se relacionam diretamente e se aperfeiçoam constantemente.

A simples tarefa de desenvolvimento de uma empresa que trabalha com empréstimos consignados em residências, condomínios e estabelecimentos comerciais mostra a necessidade de renovação constante, por exemplo, para melhor aproveitamento energético e o melhor conforto.

Sendo assim, entre tantos avanços possíveis, está o desenvolvimento da Indústria 4.0, também conhecida como a quarta revolução industrial. 

Esse é um termo que se refere a equipamentos e processo digitais, entre os quais:

  • Análise de dados;
  • Automação de processos conectados;
  • Digitalização abrangente;
  • Implementação de computadores.

Tudo isso vem transformando a forma de administrar um negócio, como a própria empresa de ar condicionado, assim como na área fabril.

Em diferentes cenários, é possível pensar em uma manufatura que pode ser operada de forma remota, ou a sequenciação de linhas de produção de maneira bem resolvida.

A característica mais relevante está na interligação de computadores. Na verdade, com o avanço da tecnologia, eles podem tomar decisões sem qualquer participação humana.

Combinado com sistemas ciberfísicos e a tecnologia da Internet das Coisas, do inglês IoT (Internet of Things), tudo resulta em plantas fabris mais eficientes e produtivas. 

No entanto, o impacto se estende além do chão de fábrica e, sem dúvida, a Indústria 4.0 apresenta um forte impacto na vida cotidiana das pessoas e da sociedade.

Elementos presentes na Indústria 4.0

A Indústria 4.0 obriga as pessoas a utilizarem dispositivos de alta tecnologia. Essa nova era inclui a transformação de processos por meio da digitalização e automação de negócios. 

Dessa forma, a Indústria 4.0 vem representando o futuro, ou melhor, no presente, a manufatura em todo o mundo, e até mesmo em empresas relacionadas a administracao de condomínios e outros modelos de serviço à favor da sociedade.

Entre diversos aspectos relevantes que estão de acordo com as tendências tecnológicas, é possível identificar ao menos 5 pontos que devem ser levados em consideração:

  1. Sistemas ciberfísicos

Os sistemas ciberfísicos, ou CPS (do inglês Ciber-Physical Systems) são compostos por sensores instalados em todos os elementos da Indústria 4.0. 

A implementação deve garantir que cada um desses sistemas se comporte de maneira estável, especialmente ao usar tecnologias de inteligência artificial e Internet das Coisas.

A presença de um serviço de portaria remota denota que esse caminho está definido em diferentes patamares, atendendo a diferentes necessidades apresentadas pela sociedade.

Esse recurso permite que uma empresa gere redes globais que se conectam a sistemas de armazenamento, maquinário e instalações de produção, promovendo um acesso e armazenamento facilitados.

  1. Internet das Coisas

A IoT representa a conectividade avançada de sistemas, serviços, objetos físicos, comunicação de ponta a ponta e troca de dados. 

A Internet das Coisas é um facilitador da transformação digital que oferece infinitas possibilidades às empresas. 

De forma segura, vale ressaltar que, por causa da Indústria 4.0, é possível obter controle e automação de elementos como aquecimento, iluminação, usinagem e monitoramento remoto dentro da logística de uma transportadoras em Ribeirão Preto em processos industriais. 

  1. Big data e análises

Na Indústria 4.0 é importante ter uma sólida estratégia de Big Data, ou seja, uma análise ampla sobre os dados em posse, e se mostra como um benefício para melhorar a manufatura preditiva, além de fornecer um guia vital para o desenvolvimento industrial na trilha da evolução da internet.

A análise da rede mundial de computadores processa enormes quantidades de informações geradas diariamente, o que não seria possível até bem pouco tempo atrás, por meio de métodos tradicionais. 

  1. Robôs autônomos

Há alguns anos, qualquer pessoa provavelmente só imaginava a presença deles em filmes e livros de ficção científica.

No cenário atual e na realidade em que a sociedade vive, pode-se encontrar robôs com mais facilidade, com funções avançadas e operações em vários campos de atuação. 

Na Indústria 4.0, os robôs automatizados podem interagir uns com os outros e, assim, colaborar de forma ativa com o pessoal humano em uma linha de produção de tinta epóxi preço.

Eles estão se tornando cada vez mais sofisticados e, portanto, uma ferramenta essencial em linhas de produção nas plantas fabris. 

  1. Impressoras 3D

O uso de tecnologias de dados avançadas é promovido em toda a Indústria 4.0. Isso significa que a impressão 3D, ou manufatura aditiva, tende a fazer uso de novos materiais disponíveis.

Alguns produtos podem exigir uma combinação de componentes metálicos e materiais inteligentes. 

O impacto sobre a Sociedade 5.0

Na prática, a Indústria 4.o e as organizações em geral são os principais componentes que apontam para a formalização da Sociedade 5.0, mas não apenas o setor produtivo. 

No fundo, trata-se de todas as partes interessadas, incluindo cidadãos, governos, centros de pesquisa e estudos, e assim por diante. 

Se uma mudança social tão vasta funcionará, e o muro da aceitação social será derrubado é uma questão que será respondida em um futuro próximo. Fazer previsões a esse respeito se mostra imprudente. 

É uma necessidade de consenso social, e que demanda um olhar profundo sobre as implicações sociais e, em determinado aspecto, até mesmo questões éticas, entre outras, no que diz respeito à relação homem-máquina.

Pode ir além, como definir o que significa a felicidade individual e da humanidade. Isso porque a Sociedade 5.0 está relacionada ao envelhecimento da população, e as consequências como:

  • Educação;
  • Habitação;
  • Meios de consumo;
  • Mobilidade;
  • Saúde;
  • Segurança.

São processos que envolvem sensores, redes e circuitos de máquinas que estão presentes na indústria, mas que estão mudando a forma de interação dentro da própria sociedade. 

No fundo, vai além da tecnologia e envolve dinâmicas que ligam a sociedade e o impacto sobre a natureza, os desastres naturais e a apresentação de soluções voltadas para a poluição. 

Para lidar com esses e outros desafios, a Sociedade 5.0 tem de oferecer o caminho e apresentar as melhores soluções, na esteira da Indústria 4.0, identificando as novas oportunidades trazidas com essas ferramentas e a tecnologia.

Conclusão

Para finalizar, é importante reforçar a ideia de que a Indústria 4;0 e a Sociedade 5.0 estão se unificando para garantir melhorias para toda a população.

Isso abrange uma ampla gama de tecnologia em diversos processos produtivos, mesmo sendo aplicado a um escritório de consultoria tributária, uma linha de produção industrial e, até mesmo, na construção civil.

Por conseguinte, a revolução que se apresenta a passos largos oferece inúmeras oportunidades para melhorar o desenvolvimento de produtos, a cadeia de suprimentos e as relações com os clientes. 

Esse vasto potencial faz com que muitas organizações empresariais estejam se ajustando aos novos tempos, de modo a aproveitar oportunidades para geração de ROI (Return Over Investiment), ou seja, o retorno sobre investimento, de forma rápida e segura e cada vez mais otimizado. 

Isso permite que as empresas melhorem os processos atuais e tomem decisões mais acertadas dentro das finalidades de produção e atendimento à demanda do mercado consumidor. 

Mais importante, é preciso começar a se ajustar mesmo que seguindo pequenas etapas, desde que as empresas possam personalizar a tecnologia e os recursos de acordo com as necessidades específicas. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.