Quarta, 19 DE janeiro DE 2022

Como funciona o blockchain?

Publicado em:

6 de
dez
Categorias: Notícias.

Nos dias atuais, a transformação digital tem transformado, isso de forma positiva, a vida das pessoas e a estruturas das empresas de todo o mundo. Dado essa realidade, no artigo de hoje falaremos acerca das atualizações desse meio digital, com a questão relacionada a quais são os componentes de uma blockchain, entendendo um pouco mais acerca dessa tecnologia de ponta.

O Blockchain nasceu para alterar toda a tecnologia de informação, isso de uma maneira bem semelhante ao que foi feito no começo da era digital em todo o mundo.

Mas então, o que é o blockchain?


O blockchain é uma tecnologia que é utilizada para a verificação das transações das moedas digitais, como o Bitcoin. Com o blockchain, é possível que a pessoa digitalize, codifique e possa inserir documentos em sua base interior.

Esse tipo de ação irá criar um registro, que em hipótese alguma pode ser alterado por nenhuma pessoa. Esse registro é autêntico e pode ser verificado por todos com o uso do blockchain.

A bitcoin é a criptomoeda mais conhecida em todo o mundo, a tecnologia da blockchain foi elaborada pensando nessa criptomoeda em um primeiro momento, mas hoje já é muito mais abrangente.

O que é uma criptomoeda?


Uma criptomoeda nada mais é do que um meio de troca, como o dinheiro (real R$), mas, ao invés de ser em espécie, a criptomoeda é completamente digital, e se utiliza de técnicas da criptografia para o controle da criação das moedas e para a verificação das transferências que são feitas. Em um blog de investimento, as transações feitas pelas criptomoedas podem ser mais detalhadamente analisadas e suas vantagens entendidas.

Quais são os componentes de uma blockchain? O que ele faz?


O blockchain trabalha igual a uma rede (peer-to-peer), que nada mais é do que uma perfeita arquitetura de rede em que os pontos permitem o compartilhamento de dados sem que haja um servidor central no comando.

Pela blockchain, todo o processo pode ser gerido de maneira autônoma, com a possibilidade de diversas trocas de informações entre todos os envolvidos.

Em nenhum momento existe a necessidade de um único administrador, pois todos os usuários da blockchain são os administradores do serviço.

Muito além da facilidade na administração, o blockchain pode ser usado de forma automática, com os administradores passando as condições exatas que devem ser atendidas.

Um exemplo da forma automática diz respeito aos usuários atenderem as condições que provem que ele possui criptomoedas e que irá enviar o dinheiro que ele assume ter naquela transação.

Para garantir ainda mais a segurança, os administradores podem dar entrada na criação de contratos mais exigentes, como, por exemplo: transações que exigem assinaturas entre as partes envolvidas.

De uma maneira geral, como funciona a tecnologia do blockchain?


O tipo de tecnologia utilizada na blockchain é muito fácil e rápida de ser entendida. Ela é um verdadeiro banco de dados totalmente compartilhado e que deve ser alimentado com entradas confirmadas e também criptografadas.

Pensando em quais são os componentes de uma blockchain, ele pode ser visto como um documento do Google, que é compartilhado e criptografado, esse documento será acessado com base em uma relação lógica feita por todos os administradores anteriores.

Essa tecnologia permite que esse serviço seja criado de uma forma muito mais segura e com alto grau de eficiência, criando um verdadeiro registro de atividades.

Essa alta tecnologia é muito útil para os processos financeiros, oferecendo para as empresas uma incrível alternativa digital, agilizando diversos processos bancários.

Vantagens do uso da tecnologia Blockchain


Agora que já foram vistos quais são os componentes de uma blockchain, veremos as vantagens do uso dessa tecnologia:

Imutabilidade


O blockchain é uma tecnologia bem séria onde nada pode ser alterado depois que houver o consenso de toda a rede. Quando uma transação for confirmada, em hipótese alguma poderá ser alterada.

Tecnologia permanente


Tudo o que ocorre no blockchain, fica registrado no blockchain. Quando o blockchain atuar como público, ele será um verdadeiro livro de acesso público, então, enquanto ele operar, todos os dados que estão registrados nele estarão muito bem acessíveis.

Sem intermediários para uso


No blockchain todos são administradores, o que exclui qualquer necessidade de que haja outros intermediários. Os usuários devem interagir, isso de forma direta, sempre entre si.

Considerações finais acerca do blockchain


O blockchain é o tipo de tecnologia que veio para enriquecer ainda mais a base tecnológica de todo o mundo que está envolto na era da transformação digital.

Com as pessoas e empresas entendendo com mais clareza e analise quais são os componentes de uma blockchain, suas vantagens e também aplicações, a transformação digital com uma base ainda mais segura será uma realidade muito mais alcançável do que é no momento atual, onde muito ainda precisa ser aprendido para que a mesma se instale.
[comment-form]

 

Outras Notícias

Saiba 6 estratégias do marketing para captar clientes que realmente compram
6 Cuidados recomendados durante a gestação
Político evangélico, Anthony Garotinho é a favor da legalização dos cassinos no Brasil
Hidrojateamento, o que é e como funciona
7 dúvidas mais comuns que as pessoas têm sobre poços artesianos