Quarta, 19 DE janeiro DE 2022

Saiba como funciona o Sedex dos correios

Publicado em:

7 de
dez
Categorias: Notícias.

Sedex é o serviço de envio expresso dos Correios, por meio do qual as encomendas são entregues de maneira mais rápida, encomendas com mais urgência podem ser entregues no mesmo dia da postagem. 

O preço vai depender da distância entre os endereços de coleta e de destino, mas o valor é um pouco mais  alto do que o de entregas não expressas.

Se você possui uma loja on-line, sabe da importância da entrega de um produto. 

Afinal, o frete é um fator muito importante para o consumidor, sendo um dos principais fatores que levam a desistência da compra.

Por isso, é importante oferecer vários meios de envios, tanto para os clientes que estejam dispostos a pagar um pouco mais caro para terem os produtos em mãos, quanto um preço mais acessível para aquelas pessoas com o poder aquisitivo menor e que não se preocupam com o tempo. 

E o Sedex expresso pode ajudar nessa tarefa.

Por isso, leia este artigo até o final, você vai compreender melhor tudo sobre esse tipo de envio dos correios, como ele funciona, localidades em que está disponível e prazos de entrega.

Além disso, vamos listar aqui uma modalidade semelhante, mas que tem algumas diferenças: o Sedex Hoje Colaborativo.

Como funciona o Sedex Hoje?


Sedex Hoje, é a modalidade de envio expresso dos Correios, como o próprio nome já diz, as entregas são feitas de maneira rápida chegando no mesmo dia em que foram feitos os pedidos nas agências.

Para usar o serviço do Sedex Hoje, em primeiro lugar, é essencial checar se a distância entre os endereços permite que a entrega seja feita no mesmo dia. Isso pode ser feito no site dos correios quando você informa os CEP de origem e o CEP de destino da mercadoria.

Além disso, as encomendas precisam ter, no máximo:

  • 200 centímetros de comprimento de largura e altura

  • 30 quilos no máximo

  • R$ 10 mil reais declarados


Caso esteja tudo correto, como o trecho disponível e o tamanho do pacote seja aceito, o funcionamento do Sedex Hoje funciona da seguinte maneira:

O lojista pode postar a encomenda até às 13h, se elas forem para a mesma cidade, ou até as 11h, se o destino for outra localidade.

Três tentativas de entrega são realizadas: uma às 18h do dia da postagem, outra às 21h e uma última até as 10h do próximo dia.

Bem simples não é mesmo?

Caso ocorra algum imprevisto, como atraso no horário da primeira tentativa de entrega e ela ocorra após as 18h, é possível pedir uma indenização dos correios, podendo ser até 100% do valor do frete.

Quais cidades o Sedex Hoje está disponível?


O Sedex Hoje possuem algumas agências que realizam esse tipo de serviço nas seguintes cidades:

  • São Paulo (SP)

  • Campinas (SP)

  • Barueri (SP)

  • Guarulhos (SP)

  • Rio de Janeiro (RJ)

  • Belo Horizonte (MG)

  • Contagem (MG)

  • Vitória (ES)

  • Curitiba (PR)

  • Porta Alegre (RS)

  • Goiânia (GO)

  • Brasília (DF)

  • Salvador (BA)

  • Fortaleza (CE)

  • Recife (PE)

  • Teresina (PI)

  • Porto Velho (RO)


Para saber as agências que oferecem o serviço em cada uma dessas cidades, entre nos sites dos correios.

Como fazer o rastreamento das encomendas do Sedex Hoje?


As encomendas do Sedex Hoje podem ser acompanhadas assim como as enviadas por qualquer outro serviço dos correios, através do código informado no momento da postagem, pelo site da estatal ou por outras ferramentas de rastreio correios.

Se você já possui um negócio virtual ou deseja abrir uma loja online, saiba que informar o código de rastreamento aos clientes é uma boa prática. 

Além disso, ficar atento ao status da entrega também é importante.

Desse modo, você pode prestar um excelente atendimento ao cliente, ajudando o consumidor em caso de problemas, antes mesmo que ele perceba e precise reclamar.

 
[comment-form]

 

Outras Notícias

Saiba 6 estratégias do marketing para captar clientes que realmente compram
6 Cuidados recomendados durante a gestação
Político evangélico, Anthony Garotinho é a favor da legalização dos cassinos no Brasil
Hidrojateamento, o que é e como funciona
7 dúvidas mais comuns que as pessoas têm sobre poços artesianos