Quarta, 08 DE dezembro DE 2021

Entenda por que você não poderá fraquejar em tempos de desafios

Publicado em:

4 de
maio
Categorias: Devocional e Notícias.

Quem nunca foi assolado por pensamentos desanimadores? Os motivos que levam a eles são muitos: uma perda, uma decepção, um sonho frustrado, etc., mas o cenário desanimador, na verdade, é ideal para que a fé entre em ação.


A Bíblia nos mostra um bom exemplo ao detalhar a história de Abraão, o homem que, mesmo avançado em idade, se agarrou às Promessas de Deus e não ao que via e ouvia das pessoas. “E, sem enfraquecer na fé, embora levasse em conta o seu corpo já amortecido, sendo já de cem anos, e a idade avançada de Sara, não duvidou, por incredulidade da Promessa de Deus; mas, pela fé, se fortaleceu dando glória a Deus, estando plenamente convicto de que Ele era poderoso para cumprir o que prometera.” (Romanos 4.18-21).



"Se Abraão focasse nas circunstâncias, certamente desanimaria como qualquer outra pessoa, já que motivos para isso não lhe faltavam. Tudo lhe era desfavorável. Ele já não era um garoto casado com uma jovem estéril, mas um homem envelhecido casado com uma mulher também envelhecida e estéril”.


Essa situação caracteriza o “dia mau” – dias, semanas ou momentos em que precisamos lidar com os problemas como se estivéssemos sozinhos, sem ajuda nem a misericórdia de ninguém, exceto as de Deus. Há quem se revolte de forma equivocada e quem aproveite o momento a sós com Deus para sair da situação delicada fortalecido.


Construção certa
Muitos desanimam porque não entendem que toda construção requer um tempo e que não há construção mais bem alicerçada do que aquela feita sob a Rocha, que é a Palavra de Deus.



Agindo assim, a aparente demora na mudança ou a situação que for não lhe apavoram. “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda (Mateus 7.24-27).


Os apressados, cedo ou tarde, verão que o que foi conquistado veio com prazo de validade. Aos que perseveram, o tempo, o desespero, as dificuldades e o próprio desânimo não lhes vencem nem lhes convencem porque estão agarrados à Palavra de Quem não lhes desampara e não volta atrás.



gazetadobalao.net


[comment-form]

 

Outras Notícias

Saiba como funciona o Sedex dos correios
Como funciona o blockchain?
5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão