Domingo, 28 DE novembro DE 2021

Lewis venceu GP da Hungria, Vettel segundo, Raikkonen terceiro

Publicado em:

29 de
jul
Categorias: Atualidade e Notícias. Tags: Brasil, Esportes, Formula 1, GP, Lewis Hamilton, Mundo, Notícias e Piloto.

Lewis Hamilton disparou na ponta, controlou o ritmo e venceu de lambuja o GP da Hungria, neste domingo. O piloto da Mercedes raras vezes foi ameaçado e aumentou a vantagem na liderança do campeonato. Vettel ainda salvou o segundo lugar no fim, com uma ultrapassagem bagunçada mas efetiva para cima de Bottas, com Raikkonen fechando o pódio em terceiro.


As Ferrari largaram melhor que as Mercedes, mas Raikkonen não conseguiu passar Bottas e enxergou Vettel colocando por fora. Apesar de ter pneus mais rápidos, o finlandês deixou o alemão passar para perseguir os prateados. Foi o sinal para uma corrida tática, com o alemão usando pneus supermacios e os demais quatro primeiros de ultramacios.


Começou o trenzinho de Hungaroring, com a exceção do sempre excelente Daniel Ricciardo. O australiano, com suas capacidade de frear dentro da curva muito além do normal, logo escalou de 14º para quinto. Sua tática preferida era “apavorar” o rival na Curva 1 e preparar o bote por fora na Curva 2, contornando roda com roda até sair na frente. A essas alturas, o companheiro Max Verstappen já tinha parado com problemas mecânicos.


Na turma da ponta, Raikkonen foi o primeiro a parar despachando os pneus roxos por amarelos, escolha de duas paradas. Bottas marcou a tática do adversário e veio para os pits logo depois. Hamilton ficou mais tempo fora da pista, enquanto Vettel assumia o segundo posto e começava a fazer seu jogo para colocar ultramacios na perna final de prova com apenas uma troca.


Parecia que ia funcionar para brigar pela ponta, com a Ferrari mais rápida até de pneus gastos e abrindo. A poucas voltas da sua janela de pits, porém, Vettel foi atrapalhado por uma sequência de quatro retardatários e perdeu vantagem. Na parada, pior ainda, a roda dianteira ficou mal colocada e dois segundos preciosos foram para o ralo. Resultado, Vettel em terceiro lugar, atrás de Bottas. Ainda tentou uma manobra suicida logo após sair, mas quase bateu na traseira da Mercedes e teve que recolher. Depois disso, dificuldade extrema para se aproximar com turbulência.



As voltas finais foram na ponta dos cascos, com as duas Ferraris embutidas no vácuo de Bottas. Mas Vettel sem conseguir uma manobra efetiva para passar e Raikkonen com pneus muito mais novos preso atrás do companheiro de equipe. Até que Vettel foi com tudo e botou por fora na primeira curva. Deu o xis e foi por fora. Espremeu Bottas na segunda perna e os dois se tocaram, quebrando a asa de Bottas. Também danificou o assoalho, mas para sorte do alemão, não furou o pneu. Seguiram as duas Ferrari em formação para fechar o pódio no segundo e terceiro lugares.



Portal: Globo Expresso.Com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra