Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

Lula chega a sede da Polícia Federal onde cumprira 12 anos e 1 mês de prisão

Publicado em:

8 de
abr
Categorias: Justiça e Notícias. Tags: Audiência, Brasil, Federal, Globo, Lula, Notícias, Policia, Presidente, Prisão, Record, STF, Temer, TV e Veja.

A chegada de Lula à Superintendência da PF em Curitiba (PR) foi marcada pela confusão entre forças policiais e manifestantes que esperavam para recepcionar o ex-presidente. Ao todo, nove pessoas ficaram feridas. Bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha foram utilizadas para conter e dispersar os manifestantes. O avião da Polícia Federal que levava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aterrissou no Aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, por volta das 22h deste sábado (7). Às 22h27, de helicóptero, Lula chegou à sede da Polícia Federal.


Ele ficará preso em uma sala isolada no quarto e último andar do prédio, a pedido do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que expediu a ordem de prisão. O delegado da PF Igor Romário de Paula, membro da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, detalhou as condições que Lula terá enquanto estiver preso na Superintendência da PF na capital paranaense.


A sala isolada é uma cela especial chamada "Sala de Estado Maior". Uma sala simples que tem uma cama, uma mesa com cadeiras e o acesso a um banheiro. O restante do tratamento da disciplina e da prisão dele será como de qualquer outro preso. A Sala de Estado Maior tem cerca de 15 metros quadrados, com uma janela, que fica para dentro da estrutura do prédio. A alimentação será como a de outros presos.


Manifestações: Manifestantes a favor e contrários ao ex-presidente Lula começaram a se reunir em frente da sede da PF após o começo do ato em memória de Marisa Letícia, no final da manhã deste sábado. Por volta das 14h, para evitar confronto, a PM fez um cerco ao redor da Superintendência.


Os apoiadores de Lula ficaram no espaço em frente ao portão principal da PF e passaram a tarde com faixas, bandeiras e músicas sobre o ex-presidente. No início da noite, algumas pessoas do grupo hostilizaram jornalistas que estavam no local. Ovos foram atirados contra uma casa que serve de base para a imprensa. Do outro lado do prédio, um número menor de pessoas comemoravam a prisão do petista. Eles soltaram fogos de artifício quando Lula se entregou.



Portal: Globo Expresso.Com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra