Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

O que é potência na homeopatia?

Publicado em:

22 de
jun
Categorias: Saúde.

Antes de tudo, devemos entender o que significa homeopatia e quais as suas aplicações, ou seja, como funciona essa modalidade de tratamento e as suas diferenças em relação a outros tratamentos, pois essas informações são essenciais para prosseguir com o assunto e para que possamos entender o que é a potência na homeopatia e qual a sua aplicação no tratamento homeopático.

 

De início, podemos conceituar a homeopatia como sendo uma forma de tratamento que utiliza apenas remédios naturais, como aqueles extraídos de plantas. É uma alternativa a medicina convencional, com uma grande importância na cura dos pacientes. A principal diferença da medicina tradicional é a utilização desses medicamentos naturais e a forma de tratamento, que baseia na cura do paciente na totalidade, enquanto na medicina tradicional, o foco da cura é apenas uma área específica, ou apenas a doença em si.

 

Embora muitas pessoas ainda ataquem a homeopatia afirmando que se trata apenas de um efeito placebo, saiba que essa é uma das alternativas mais avançadas no tratamento de doenças, visto que os remédios não causam nenhum tipo de efeito indesejado nos pacientes, como os famosos efeitos colaterais. Isso porque sua composição é 100% natural e livre de manipulações dos grandes laboratórios.

 

Pensando nisso, decidimos criar este artigo para falar um pouco mais a respeito da potência na homeopatia e das suas aplicações práticas nos tratamentos, portanto, se você tem interesse em saber mais a respeito dela, sugerimos que continue a leitura para ficar por dentro de todas as informações relativas ao tema.

 

O que significa a potência?


Antes de tratarmos da potência, é necessário entender outro conceito que está diretamente ligada a potência, ou seja, a dinamização. Dinamização é o processo de operações utilizadas para diluir e agitar uma substância. Portanto, é aquele processo que todas as substâncias passam para apresentar uma determinada reação.

 

Com relação à potência, podemos dizer que se trata de uma quantidade de vezes que essa substância natural foi dinamizada para potencializar o poder de tratamento do remédio natural, portanto, é uma forma de aumentar a eficácia desses remédios, de modo a potencializar os seus efeitos e trazer uma recuperação mais rápida para os pacientes que estão fazendo o seu uso.

Utilização de reagentes para realizar a dinamização


Por dinamização, usamos uma solução de água-álcool (geralmente álcool 30%) para diluir e bater uma peneira semirrígida e misturar com movimento. Chamamos esse processo de agitação. Se uma substância é dissolvida em água ou etanol, seja um produto puro ou um produto misto, ela é dissolvida a uma taxa de 1% e agitada 100 vezes. Em seguida, execute uma diluição adicional e 100 batidas. O processo de moagem é adequado para substâncias insolúveis. 

 

Neste caso, usamos lactose para diluição -. Para mexer, usamos o movimento de trituração do material entre o pilão de porcelana, encostado na parede do recipiente, e o pote de porcelana. Também é moído na proporção de 1 ingrediente ativo na lactose. A lactose é dividida em 3 partes. Coloque cada um desses alimentos em uma prateleira de porcelana e triture por 6 minutos. Uma vez que a mistura de lactose e substância adere firmemente à parede da grelha, é necessário limpar a parede da grelha com uma espátula de porcelana para esmagar a lactose por mais 6 minutos e depois raspar novamente. 

 

Adicione o segundo terço da lactose, repita o processo, adicione o terceiro terço da lactose e repita a última vez. Portanto, após 1 hora, obtém-se a primeira cominuição da substância - a porcentagem. Após fazer isso novamente (mais uma hora) e novamente (a terceira hora), faremos a trituração do terço inferior da substância, sendo solúvel em solução água-álcool. 

 

Continue a dinamizar por diluição e agitação conforme descrito acima. Se começarmos com plantas ou animais, podemos picá-los, mas geralmente preparamos uma tintura, que é um extrato alcoólico da substância, porque essa tintura se dilui e causa dinamização (eles-descendentes -), é conhecida como tintura-mãe. A tintura-mãe é feita pelo contato da substância com uma solução de álcool forte o suficiente para que os ingredientes ativos da planta sejam excretados do corpo para a solução.

 

Este é o mesmo princípio da garrafa popular. É chamado de tintura porque também pode extrair ingredientes ativos coloridos para formar um líquido colorido. As tinturas são utilizadas na sua forma pura, mas para a homeopatia, elas são diluídas e misturadas em uma solução água-álcool, ou seja, produzem vitalidade, proporções ou flocos.

 

A proporção mais comumente usada é 1: 100, também conhecida como sistema de percentil. Para isso, usamos 1 parte do medicamento para 99 partes de solução água-álcool. É o mais comum em nosso país e recomendado por Hahnemann. O médico alemão Goering introduziu uma escala decimal, sendo feita na proporção de 1:10, ou seja, 1 parte do medicamento para 9 partes da solução aquosa de álcool.

 
[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra