Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

Padre Fábio de Melo comemora 17 anos de sacerdócio e agrade a Deus

Publicado em:

18 de
dez
Categorias: Populares e Radar. Tags: Aniversario, Fábio de Melo, Padre e Sacerdócio.

O padre Fábio de Melo emocionou os seguidores neste domingo (16), ao fazer um post comemorando os 17 anos de sacerdócio. No texto, acompanhado de uma foto ao lado de uma fã, o religioso relembrou o passado e afirmou que já duvidou de si mesmo, mas que Deus o salvou.


– Hoje comemoro 17 anos de padre. E esta foto representa bem o que me moveu desde o início: ser expressão do amor de Deus na vida de quem passasse por mim. O olhar amoroso desta mulher é o maior presente que posso receber. E não é sem motivo – afirmou Melo.


Logo em seguida, ele explicou parte de seu passado, no entanto não deu detalhes dos caminhos que o levaram à Igreja.


– Deus não me encontrou na estrada principal, nem tampouco no banquete dos convidados. Eu fui encontrado às margens, num caminho que os puritanos não escolheriam trilhar. Sempre pertenci à casta dos que não são bem-vindos, dos desacreditados – revelou o religioso.


Ele também fez questão de afirmar sua gratidão a Deus, por não ter desistido dele.


– E se em algum momento eu passei a desfrutar de uma condição diferente, faço questão de nunca me esquecer de onde vim. Eu nunca fui o melhor, o mais confiável. Em um determinado momento da minha vida eu cheguei a ouvir de alguém: você não serve, é o pior entre todos. Sim, continuo não sendo o mas adequado, mas mesmo assim Deus nunca desistiu de mim. Obrigado a vocês que fazem parte da minha vida, do meu ministério sacerdotal, do meu coração de menino – escreveu o padre.















Ver esta publicação no Instagram



















 

Hoje comemoro 17 anos de padre. E esta foto representa bem o que me moveu desde o início: ser expressão do amor de Deus na vida de quem passasse por mim. O olhar amoroso desta mulher é o maior presente que posso receber. E não é sem motivo. Deus não me encontrou na estrada principal, nem tampouco no banquete dos convidados. Eu fui encontrado às margens, num caminho que os puritanos não escolheriam trilhar. Sempre pertenci à casta dos que não são bem-vindos, dos desacreditados. E se em algum momento eu passei a desfrutar de uma condição diferente, faço questão de nunca me esquecer de onde vim. Eu nunca fui o melhor, o mais confiável. Em um determinado momento da minha vida eu cheguei a ouvir de alguém: você não serve, é o pior entre todos. Sim, continuo não sendo o mas adequado, mas mesmo assim Deus nunca desistiu de mim. Obrigado a vocês que fazem parte da minha vida, do meu ministério sacerdotal, do meu coração de menino.


Uma publicação partilhada por pefabiodemelo (@pefabiodemelo) a




gospelmund.com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra