Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

Pastor Feliciano fez duras criticas a nova novela homoafetivo da Globo

Publicado em:

4 de
maio
Categorias: Mais Lidas, Notícias e Populares. Tags: Deputado, Globo, Marco Feliciano, Notícias, Novela e Pastor.

Indignado com algumas situações existentes, o pastor e deputado federal Marco Feliciano se manifestou novamente. No entanto, ele fez duras críticas sobre a nova novela que estreará esse mês de maio na globo. Entre as cenas da dramaturgia escrita por Walcyr Carrasco e Amora Mautner, a nova novela trará a reprodução de um relacionamento homoafetivo de dois homens que nas novelas são tidos como galãs.


Artigo redigido por Marco Feliciano?
Por está esgotado com o que a emissora tem feito, o pastor, segundo informações, fez duras críticas a nova trama. Em seu artigo, Feliciano pontuou que seu verdadeiro objetivo é mostrar a verdade sobre a bíblia. “Porquanto, está escrito: sede santos porque eu sou santo” (Pedro 1:16), falou o pastor.



Contudo, o mesmo pontuou ainda que sua intenção não é de negar o relacionamento. Mas, sim pelo fato de como este, é exposto mediante á uma rede de TV que atende a todas as pessoas.


“A nova novela da Globo, A Dona do Pedaço, na qual, mais uma vez – até quando? -, dois homens bem sucedidos e heterossexuais viverão um caso homossexual. Um dos personagens, chamado Agno e que será interpretado por Malvino Salvador, é casado e trairá a esposa com um boxeador chamado Rock, que será interpretado por Caio Castro, que iniciará a trama com uma namorada, e terá como irmã um travesti”, contextualizou o pastor.


Cenas gays e suas causas preocupantes
Esse conceito em abordar esses temas nas novelas dessa emissora, tem se tornado muito comum. Pelo fato, que maior parte dos telespectadores não tem se impactado tanto. Porém, vale destacar que isso acaba preocupando muitos pais. Pois visto que, crianças tem acesso á esse tipo de conteúdo, pode ser que esse tipo de comportamento venha ser adquirido.



Em seu artigo, o mesmo acrescentou que é preciso vigiar. Por que as “produções globais exercem sobre nossos jovens
em formação” uma enorme influência. “Muitos deles tal qual uma tábula rasa ou fôrma de cera, que absorvem tendências não corriqueiras no conjunto social”.


Por fim, o deputado concluiu que tem pedido a Deus “que nos livre desses autores que se definem, ora como bissexuais, ora como homossexuais”. Contudo, “usam sua arte para fazer o jogo gramscista da desconstrução social, em favor do domínio daquilo que há de pior em questão de comportamento, e derrame Suas mais escolhidas bênçãos celestiais sobre todo povo brasileiro”.



gazetadobalao.net


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra