Sábado, 04 DE dezembro DE 2021

Pastor Henrique do PSOL afirma que “o bolsonarismo matou Jesus”

Publicado em:

24 de
out
Categorias: Nacional e Notícias. Tags: Eleição, Fernando Haddad, Globo, Gospel, Jair Bolsonaro, Lula, Pastor Henrique, Pesquisa, Politica e Veja.

O pastor Henrique Vieira, da Igreja Batista do Caminho de Niterói (RJ), é conhecido por seu discurso ácido contra todos os líderes evangélicos conservadores. Em diversas ocasiões, criticou a existência da bancada evangélica no Congresso Nacional.


Colunista do site de esquerda Mídia Ninja e filiado ao PSOL, Vieira ganhou destaque na grande mídia ao se apresentar como um representante “progressista” do segmento evangélico. Ele defende, por exemplo, a legalização do aborto, das drogas e sempre defendeu a agenda LGBT.


Em uma manifestação mais recente, voltou-se contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL). “Eu reconheço que o fundamentalismo cristão religioso, especialmente evangélico, é semente de um fascismo no nosso país”, insiste.


De forma anacrônica e com distorções do texto bíblico, provocou: “Sou discípulo de um prisioneiro político, torturado, que foi chamado de herege pelos líderes religiosos; foi executado pelo Estado em nome da ordem e da lei; preso injustamente, sob o aplauso de muitos cidadãos que se reconheciam como cidadãos de bem. Ou seja, o bolsonarismo matou Jesus há mais ou menos 2 mil anos atrás”.



GospelMund.com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra