Sábado, 04 DE dezembro DE 2021

Psicologia das cores: Marketing, características e significado

Publicado em:

6 de
out
Categorias: tecnologia.

 

 

Muito tem se falado ultimamente em psicologia das cores, você já ouviu? Quer entender mais sobre esse assunto? Então, continue lendo esse artigo.

 

Primeiramente, vale saber que psicologia das cores é o estudo responsável por analisar como cada cor pode influenciar nossa vida, desde emoções, sentimentos, humor, criatividade, desejos…

 

Através desse estudo, profissionais de diferentes áreas podem, então, utilizar as cores para alcançarem seus objetivos, seja um design ao elaborar suas criações, como logos, gráficos, capas de livros, um estilista ao desenvolver uma coleção específica, profissionais de marketing para poderem realizar suas campanhas de forma mais assertiva, programadores visuais, decoradores... 

Usando a Psicologia das Cores no Marketing



Acredite, estudos revelam que cerca de 85% de nossas decisões na hora de fazermos compras são fortemente influenciadas pelas cores. O que significa que quase tudo que compramos, que gera nosso interesse, pode ser definido pela cor de um produto, ou sua embalagem. 

Assim, não é difícil imaginar como grandes empresas vêm se valendo desse estudo para alavancarem suas vendas.

O fato é que quem já conhece a psicologia das cores e entendeu como a mesma pode afetar nossa vida, tendo até poder sobre decisões de compra, já está usando-a a seu favor. E não isso não é nenhum crime!

Um design, por exemplo, que já tem ciência sobre esse assunto, consegue entregar trabalhos mais adequados, ou um arquiteto, que trabalha com decoração de interiores, por exemplo, cujo cliente quer um ambiente que abra sua criatividade, ele vai saber escolher a cor mais propícia para isso. 

Você já deve ter reparado, com certeza, que logomarcas de escritórios de advocacia costumam ser nas cores marrom, preto ou dourado, não é mesmo? Isso porque o profissional sabe que essas cores transmitem a seriedade que o prodissional quer passar.

Nesse mesmo sentido, quando você pensa numa clínica de estética qual a cor que lhe vem à cabeça? Se respondeu lilás, com certeza, você já entendeu muita coisa.

Lanchonetes, geralmente, escolhem o vermelho ou amarelo e não é por acaso, assim como, produtos naturais escolhem a cor verde.

No caso do famoso fast food McDonald 's, a escolha das cores não foi à toa, pois elas despertam a fome, excitação e pressa.

Provavelmente, você já deve estar percebendo como as cores falam, comunicam. 

Características da Psicologia das Cores



É preciso entender que cada cor transmite uma sensação diferente para as pessoas, existindo algumas características importantes na hora da utilização das cores:

  • Emoção: as cores têm o poder de afetar diretamente o despertar das emoções nas pessoas, influenciando o seu estado de espírito.

  • Dimensão: as cores podem passar a impressão de que está em um espaço maior ou menor, mesmo que ambos tenham o mesmo tamanho.

  • Peso: as cores podem influenciar até na sensação de peso de um determinado objeto.

  • Luz: a cor pode deixar um ambiente parecer mais escuro ou iluminado.

  • Temperatura: as cores podem passar a sensação de ambiente ser mais quente ou mais frio. 

  • Simbolismo:  uma cor pode despertar vários sentimentos e emoções diferentes em uma mesma pessoa em diferentes momentos de sua vida.

  • Recordação:  as cores também podem estar associadas a momentos específicos da vida de alguém. 


O significado de algumas cores 



Vermelho


É a cor do sangue, da urgência, paixão, raiva, calor, violência, perigo, sexualidade, por isso, é muito usada em anúncios de promoções e liquidações, decoração de motéis, sex shops, e produtos de consumo rápido, como fast foods, Netflix, Ifood...

Amarelo


Por ser uma cor quente, ela transmite dinamismo, alegria, otimismo, verão, excitação e estímulo, por isso, é considerada a cor do otimismo e da energia. E mais, ela é capaz de estimular a concentração e o intelecto das pessoas. 

Azul


O azul transmite a ideia de calma, serenidade, lealdade, harmonia, confiança, limpeza, frio, depressão e tranquilidade. Por esse motivo, costuma ser comum o seu uso para representar profissionalismo, estabilidade e segurança.

Preto 


Não é à toa que representa luto, pois a cor passa seriedade, medo, mistério, poder, elegância, luxo, o que justifica algumas marcas poderosas como Chanel, entre outras, apostaram nessa cor para suas logomarcas.

Verde


Enquanto psicólogos consideram que o verde possui a capacidade de acalmar as pessoas e aliviar o stress, na psicologia das cores, o verde está associado com a saúde, esperança, perseverança, juventude, generosidade,  vitalidade, ciúme,  natureza e fertilidade. 

Laranja


O laranja, tal como o vermelho, transmite a ideia de movimento, alegria, sociabilidade e animação, energia, entusiasmo, excitação e desejo de ação, por outro lado, essa cor não chega a ser tão impactante. 

Roxo


O Roxo atua diretamente na área cerebral destinada a criatividade, promovendo estímulo para "bloqueios criativos", além de transmitir a sensação de calmaria e tranquilidade, erotismo, sabedoria, sucesso, sensibilidade, arrogância e mistério,  por isso, vários temas espirituais e ligados à fé são representados com esta cor.

 
[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra