Terça, 30 DE novembro DE 2021

Presidência do Gideões Missionários da Última Hora está em discussão

Publicado em:

21 de
dez
Categorias: Mais Lidas, Mundo Cristão, Radar e Topo. Tags: Aposentadoria, Brasil, Evangélicos, Gideões, Igreja, Presidente e Religião.

Com a renúncia sob pressão do pastor Reuel Bernardino, da presidência do Gideões Missionários da Última Hora e da Assembleia de Deus em Santa Catarina, respectivamente, os olhares se voltam agora para o novo presidente.


Inicialmente se imaginou que o pastor Hueslen Santos, vice-presidente do Gideões, fosse ascender ao cargo e assumir o lugar de Reuel, no entanto, o escolhido pela CIADESCP (Convenção das Assembleia de Deus de Santa Catarina e Sudoeste do Paraná), para assumir a presidência da igreja e do Gideões, assumindo exatamente os cargos que antes eram capitaneados por Reuel, foi o pastor Zilmar Miguel. Zilmar Miguel tem 65 anos e preside atualmente a igreja em São Francisco do Sul, em Santa Catarina.


A CIEADESP emitiu uma nota sobre a mudança.


NOTA OFICIAL
..."Mudança na presidência da AD em Camboriú e no Gideões Missionários da Última Hora.


Informamos que em reunião realizada pela Junta Executiva, ficou definida a jubilação do Pastor Reuel Bernardino.


E no próximo dia 27 de dezembro de 2018, o Pastor Zilmar Miguel, que atualmente preside a igreja em São Francisco do Sul, assumirá a presidência da Igreja em Camboriú e também do GMUH.


Pastor Reuel solicitou a jubilação para poder se dedicar ao cuidado da sua saúde e da família, conforme nota emitida por ele nas redes sociais..."


Pastor Reuel Bernardino exige aposentadoria do Gideões
O pastor Reuel Bernardino, agora ex-presidente do Gideões Missionários da Última Hora, ainda briga com a diretoria da Convenção da Assembleia de Deus de Santa Catarina, e da Assembleia de Deus em Camboriú, para que sua jubilação lhe renda uma aposentadoria milionária.


Reuel pede um salário mensal de R$25.000,00 (Vinte e cinco mil reais), que seria pago de forma vitalícia. Ainda não foi acordado o quanto o pastor receberá, mas o que se sabe, é que lhe foi proposto o salário de R$4.000,00 (Quatro mil reais).


Membros da Assembleia de Deus em Camboriú e funcionários do Gideões aguardam ansiosos pelo fim das negociações, para que o filho do saudoso pastor Cesino se retire de uma vez por todas das instalações.


No que se refere a sua sucessão, espera-se que o pastor Hueslen Santos, que já é o vice-presidente do Gideões, deve ascender ao cargo de presidente.



gospelmund.com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra