Segunda, 29 DE novembro DE 2021

Raphael Assunção nocauteia Matthew Lopez terceiro round e desafia Dillashaw

Publicado em:

12 de
nov
Categorias: Atualidade e Notícias. Tags: Brasil, Esportes, Notícias, Seleção e UFC.

Raphael Assunção não deixou margens para dúvidas. O peso-galo pernambucano foi soberano diante de Matthew Lopez e conseguiu um impressionante nocaute a 1m50 do terceiro round, no UFC Norfolk. Com dez vitórias e apenas uma derrota na divisão até 61kg, Assunção espera reencontrar aquele que foi o único a pará-lo nesta sequência: o hoje dono do cinturão TJ Dillashaw. Eles já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado.


- Estou 10-1 na categoria, minha única derrota foi para o atual campeão, então quero a trilogia. TJ Dillashaw, o desafio está feito. Não sou o cara mais falador, mas acho que mereço - disparou Assunção, agora com um cartel com 26 vitórias e cinco derrotas. Fora as lutas no galo, o pernambucano tem uma luta nos penas, quando estreou com derrota no Ultimate.


No primeiro round, Raphael Assunção mostrou a eficiência técnica que lhe é habitual, sempre conectando os golpes que dispara, principalmente com a mão direita. Numa tentativa de queda de Lopez, o brasileiro se levantou e aplicou uma joelhada, e começava a disparar chutes na parte interna da coxa direita do rival. Um direto de direita de Assunção também encontrou o rosto do adversário, combinado com um cruzado de esquerda.


Para os cinco minutos seguintes, Raphael Assunção continuou a castigar a coxa direita de Matthew Lopez. Lopez bloqueou um chute do brasileiro e chegou a cinturá-lo, mas assunção logo saiu junto à grade. Um cruzado de esquerda de Raphael entrou em cheio no rosto de Lopez, que responde também com a esquerda. O brasileiro se defender bem de ataque nas penas, e no fim do round continuou a castigar a coxa direita de Lopez, que foi para o córner com uma vermelhidão no local.


O terceiro round começou com Assunção estratégico, mirando a coxa castigada de Lopez. Nisso, combinava sequência em pé. Lopez tentou mais uma vez a botar para baixo, mas Raphael quase conseguiu laçar seu pescoço. E, após um novo chute, o brasileiro tentou uma joelhada voadora que passou no vazio, mas deixou um cruzado de direita que fez Lopez apagar. Raphael ainda foi, no instinto, para cima do adversário no chão, mas parou a um centímetro do rosto ao ver que ele tinha apagado completamente.



Facebook: Globo Expresso.Com Twitter: Globo Expresso.Com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra