Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

Qual a diferença de um autotransformador e um transformador

Publicado em:

9 de
out
Categorias: Notícias.

Você sabe qual é a diferença entre um transformador e um auto transformador?

A maioria das pessoas ainda não sabem diferenciar estas duas máquinas elétricas. E para que você não seja uma dessas pessoas, neste artigo vamos tirar suas dúvidas e te explicar melhor a diferença entre um transformador e um autotransformador.

Apesar de terem a função e os nomes semelhantes, o transformador e o auto transformador são duas máquinas diferentes, eles são usados para gerar a possibilidade de ligar um aparelho com tensão diferente da tensão de alimentação do circuito.

O que é um transformador?

O transformador também conhecido como Trafo, é uma máquina elétrica que recebe uma tensão na sua entrada e consegue enviar com um valor diferente em sua saída, assim como também faz com a corrente. Essa diferença de valores é desenvolvida  através da indução eletromagnética. 

Dessa forma, é possível fazer uma transmissão de potência elétrica entre circuitos.

A corrente elétrica passa em um dos enrolamentos e faz gerar um campo magnético que desenvolve uma corrente elétrica no segundo enrolamento, chamamos esse fenômeno indução eletromagnética.

Ao receber uma tensão na sua entrada, o transformador exerce a sua função e distribui somente um valor na sua saída, que na maioria dos casos é diferente da tensão de entrada.

Caso você queira comprar transformadores de todos os tipos, você pode entrar nas Eletrafos abaixo:

 

Os transformadores são dispositivos que fazem uso da indução eletromagnética, sua principal função é a de mudar o número de tensão elétrica e da corrente elétrica, podendo aumentar ou diminuí-los.

A estrutura dos transformadores consiste em dois enrolamentos de fios condutores, chamados de primário e secundário, enrolados em volta de uma barra de ferro.

Como funciona o transformador?

O Trafo como também é chamado, possui duas bobinas elétricas e um núcleo geralmente de ferro, e por causa de uma separação física entre as bobinas elétricas, o transformador provoca uma isolação galvânica que protege a fonte de alimentação e a carga.

Quando uma corrente elétrica é atravessada por um condutor, ela provoca um campo magnético que varia de acordo com a quantidade de espiras. Seguindo esse princípio, quando se aplica uma tensão na bobina de entrada do trafo, um campo magnético é desenvolvido e um fluxo magnético também, e ao atingir a segunda bobina, este fluxo magnético induz uma corrente nela.

É por essa razão que vemos transformadores nos postes, pois eles têm a função de abaixar o potencial elétrico da corrente que é direcionada através dos fios, levando-os para as residências de 110 V ou 220 V.

Tipos de transformadores

Os transformadores podem ser de 4 tipos:

  • Transformador de potência



  • Transformador de distribuição



  • Transformador de força



  • Transformador de corrente


O que é um autotransformador?

O auto transformador, também conhecido como autotrafo, é uma máquina elétrica que provoca a indução eletromagnética por meio da tensão de entrada. 

Essa indução gera uma ou mais tensões de saída diferentes, seja ela maior ou menor. 

Ao contrário do transformador, o autotransformador não oferece somente uma tensão de saída, mas sim tensões reguláveis, isso por causa da construção e funcionamento que são diferentes do transformador.

Como funciona um autotransformador?

O autotrafo, ou autotransformador funciona baseado no mesmo princípio eletromagnético, porém, a sua formação é diferente do transformador convencional, o que gera um resultado diferente.

O autotransformador possui somente uma bobina elétrica em torno do núcleo ferromagnético, porém, ele possui algumas derivações no seu enrolamento, em partes selecionadas, que são ligadas à terminais além dos que estão nas extremidades. Esses terminais derivados são chamados de Taps.

Com essa forma de construção, é possível obter mais de um valor da tensão de saída, obtida da mesma tensão de entrada.

Essa é uma das vantagens desta máquina, somada ao preço mais baixo devido aos custos menores de investimento para a produção.

Há também uma perda de tensão reduzida e um rendimento melhor da máquina. Mas uma desvantagem desta máquina é que ela não possui uma isolação galvânica, pois ela não tem uma separação física entre os circuitos.
[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra