Sábado, 04 DE dezembro DE 2021

Senadora alerta sobre ameaças de Lula de dentro da sela em Curitiba

Publicado em:

12 de
dez
Categorias: Atualidade, Política, Radar e Topo. Tags: Cadeia, Lula, Prisão e Senadora.

A senadora Ana Amélia, resolveu utilizar suas redes sociais para denunciar as ameaças contidas na carta de Lula para os dirigentes petistas. Lula manifestou sua opinião diretamente da cadeia, onde está encarcerado desde abril deste ano.


“Bom dia, amigos! Em carta aos lideres petistas, o ex-presidente Lula, da prisão em Curitiba, dispara sua metralhadora verbal contra as instituições, a Lava Jato e o presidente eleito Jair Bolsonaro! Não bastaram provas contundentes, nem o testemunho de Antonio Pallocci que presenciou a liderança do réu no comando do Petrolão, para impedir a sobrevivência da narrativa da “perseguição política”. Nessa carta, Lula, por conveniência, não escreve uma linha com autocrítica e chega ao ponto de proclamar que o “povo deu ao PT a missão de defender a democracia”. Que tipo de democracia quer o PT que não aceita o contraditório e sequer respeita o resultado soberano das urnas? O papel da oposição é criticar, fiscalizar e contribuir para tirar o Brasil do atoleiro criado pelo PT! Mas não é isso que Lula e seus aliados querem! Estão ameaçando com ações para desestabilizar o novo governo! A sociedade não tolerará essa radicalização! Bom domingo a todos!”


Segue abaixo a carta escrita por Lula:


Companheiras e companheiros,


Do fundo do meu coração, agradeço por tudo o que fizeram neste processo eleitoral tão difícil que vivemos, absolutamente fora da normalidade democrática. Quero que levem meu abraço e minha gratidão a cada militante do nosso partido, pela generosidade e coragem diante da mais sórdida campanha que já se fez contra um partido político neste país.


Agradeço à companheira Gleisi Hoffmann e a toda a nossa direção nacional, por terem mantido o PT unido em tempos tão difíceis; por terem sustentado minha candidatura até as últimas consequências e por terem se engajado totalmente, com muita força, na candidatura do companheiro Fernando Haddad.


Agradeço ao companheiro Fernando Haddad por ter se entregado de corpo e alma à missão que lhe confiamos. Ele enfrentou com dignidade as mentiras, a violência e o preconceito. Saiu das eleições como um líder brasileiro reconhecido internacionalmente.


Agradeço à companheira Manuela D’Ávila e aos partidos que nos acompanharam com muita lealdade nessa jornada.


Saúdo os quatro governadores que elegemos, em especial a companheira Fátima Bezerra, e também os que não conseguiram a reeleição mas não desistiram da luta nem dos nossos ideais. Saúdo os senadores e deputados eleitos e todos os que, generosamente, se lançaram candidatos, fortalecendo a votação em nossa legenda.


A luta extraordinária de vocês nos levou a alcançar 47 milhões de votos no segundo turno. Apesar de toda perseguição, de todas as tramoias que fizeram contra nós, o PT continua sendo o maior e mais importante partido popular deste país. E isso nos coloca diante de imensas responsabilidades.


O povo brasileiro nos deu a missão de manter acesa a chama da esperança, o que significa a defesa da democracia, do patrimônio nacional, dos direitos dos trabalhadores e do povo que mais precisa. Tudo isso está ameaçado pelo futuro governo, que tem como objetivo aprofundar os retrocessos implantados por Michel Temer a partir do golpe que derrubou a companheira Dilma Rousseff em 2016.


Esta não foi uma eleição normal. O povo brasileiro foi proibido de votar em quem desejava, de acordo com todas as pesquisas. Fui condenado e preso, numa farsa judicial que escandalizou juristas do mundo inteiro, para me afastar do processo eleitoral. O Tribunal Superior Eleitoral rasgou a lei e desobedeceu uma determinação da ONU, reconhecida soberanamente em tratado internacional, para impedir minha candidatura às vésperas da eleição.


Nosso adversário criou uma indústria de mentiras no submundo da internet, orientada por agentes dos Estados Unidos e financiada por um caixa dois de dimensões desconhecidas, mas certamente gigantescas. É simplesmente vergonhoso para o país e para a Justiça Eleitoral que suas contas de campanha tenham sido aprovadas diante de tantas evidências de fraude e corrupção. É mais uma prova da seletividade de um sistema judicial que persegue o PT. (conteúdo: República de Curitiba)



gospelmund.com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra