Quarta, 01 DE dezembro DE 2021

Vôlei do Brasil vence a Sérvia e garante vaga na semifinal da liga

Publicado em:

6 de
jul
Categorias: Atualidade e Notícias. Tags: Brasil, Mundo, Seleção e Vôlei.

Com Lucas Lóh e Douglas Souza inspirados e o bloqueio afiado, o Brasil mostrou força ao bater os rivais por 3 sets a 0, parciais 25/16, 28/26 e 25/19. De quebra, garantiu seu lugar na próxima fase em Lille, na França. Com a vitória, o Brasil chega aos quatro pontos e garantiu uma das duas vagas de sua chave na semifinal. Nesta sexta-feira, às 15h45, França e Sérvia disputam a segunda vaga. Também nesta quinta, os Estados Unidos venceram a Polônia por 3 sets a 0, parciais 28/26, 25/17 e 25/18, e garantiram o lugar na próxima fase. Nesta sexta, encerram a primeira fase das finais contra a Rússia, também classificada, às 13h - o adversário do Brasil sairá do confronto. O SporTV 2 transmite as duas partidas ao vivo.


Sem Maurício Borges, Renan chegou a se preparar para uma possível necessidade e colocou Murilo como opção na ponta. O líbero, porém, sequer entrou em quadra. Não precisou. Douglas Souza e Lucas Lóh apareceram bem e deram conta do recado. Wallace, com 16, foi o maior pontuador brasileiro. Lucão, em ótima partida, foi outro a brilhar, com 15 pontos O bloqueio foi outro destaque brasileiro: foram 14 pontos no fundamento no total.


Foi um início agressivo. O Brasil, em busca da classificação, entrou em quadra sem se importar com a derrota do dia anterior e disposto a cobrir os espaços deixados por Maurício Borges, lesionado. Seu substituto, Douglas Souza, mostrou força em sua primeira jogada para pontuar. A Sérvia, por outro lado, pouco ameaçava. Com autoridade, o Brasil chegou à primeira parada técnica em vantagem: 8/4.


Nem mesmo o poder físico da Sérvia fazia diferença. À rede, o Brasil se mostrava perfeito. Com dois bloqueios seguidos de Bruninho – àquela altura, seis da seleção no total-, a vantagem brasileira disparou: 19/11. Wallace, na sequência, explodiu no ataque e obrigou o pedido de tempo do outro lado. Não fez muita diferença. Em um erro de ataque da Sérvia, o Brasil fechou o set: 25/16.


Na volta à quadra, a Sérvia tentou reagir, e o Brasil passou a errar mais. O clima também esquentou. Quando os sérvios chegaram ao empate, jogadores dos dois times se estranharam, e os capitães foram chamados pelo árbitro. Na sequência, no bloqueio duplo de Bruninho e Maurício, o Brasil chegou a 8/7.


Era um jogo mais equilibrado àquela altura. O Brasil até conseguiu abrir dois pontos, mas a Sérvia logo foi buscar. Com o placar empatado em 21/21, Renan Dal Zotto parou o jogo. A seleção melhorou e tomou a frente no placar. A Sérvia ainda salvou três set points antes de Lucão, com um saque espetacular, fechar o placar: 28/26.


A Sérvia precisava reagir para se manter viva. O jogo, então, seguiu duro. O Brasil fazia sua parte. Com um bom passe e preciso no bloqueio, a seleção tinha o domínio da partida. Os sérvios, então, ficaram nervosos. Em um saque, discutiram uma possível bola dentro, ignorada pelo árbitro. Na discussão, se perderam no rodízio e deram ponto de graça para a seleção brasileira, que abriu 14/12. Dali até o fim, o Brasil dominou. No último ponto, William fez defesa espetacular com o pé, e Douglas Souza definiu: 25/19.



Portal: Globo Expresso.Com


[comment-form]

 

Outras Notícias

5 dicas de como economizar para viajar
Tire suas dúvidas sobre o uso das cadeias de consagração
Saiba tudo sobre as carabinas de pressão
Benefícios de tomar água com limão diariamente
O que não pode faltar dentro de um projeto de obra